Anvisa avalia aplicação da CoronaVac em crianças de 3 a 5 anos

A Anvisa deve responder em até 7 dias úteis, a contar a partir desta segunda, dia 14, a nova solicitação do Instituto Butantan para que a vacina contra a covid, CoronaVac, possa ser utilizada em crianças com idade de 3 a 5 anos. O pedido foi feito pelo Butantan na última sexta feira. A vacina já é utilizada aqui no Brasil em crianças a partir de 6 anos.

De acordo com estudo divulgado pelo Instituto Butantan, a CoronaVac produziu resposta imune em 100% das crianças a partir de 3 anos no Chile, onde ela já é utilizada nessa faixa etária desde setembro do ano passado.

Além disso, de acordo com o estudo, a vacina se mostrou eficaz contra as variantes Delta e Ômicron e apresentou baixos índices de efeitos adversos.

Apenas 15% das crianças relataram dor no braço na primeira dose e 8% das crianças relataram dor no local da injeção na 2ª dose.

Para a Anvisa, os pontos que serão analisados nesse novo pedido serão, além da eficácia e segurança da vacina, os efeitos adversos observados, ajuste da dosagem da vacina e fatores específicos nas crianças em desenvolvimento. 

© REUTERS/Thomas Peter/Direitos Reservados

Saúde São Paulo 14/03/2022 – 08:00 Paula Castro/ Marizete Cardoso Nelson Lin – Repórter da Rádio Nacional CoronaVac covid-19 Anvisa Butantan vacina segunda-feira, 14 Março, 2022 – 08:00 1:13

Fonte: Saúde

Share