Anvisa discute aplicação da CoronaVac em crianças entre 5 e 3 anos

Diretores da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, se reuniram com especialistas de sociedades médicas nesta terça-feira. O objetivo do encontro foi analisar o pedido do Instituto Butantan para que a vacina da CoronaVac seja aplicada em crianças entre 3 e 5 anos de idade,

A agência espera que os médicos possam contribuir com o processo de avaliação técnica sobre a vacinação dessa faixa etária contra a covid-19. Para isso, técnicos da Anvisa apresentaram aos especialistas os dados de eficácia e segurança do imunizante.

Caso o uso da CoronaVac seja aprovado para crianças entre 3 e 5 anos de idade, ela deverá passar por ajustes de dosagem para se adequar ao organismo dos pequenos.

A vacina CoronaVac está em uso emergencial no Brasil desde janeiro do ano passado. No início deste ano, a Anvisa aprovou a inclusão do imunizante para a vacinação de crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos.

© REUTERS/Thomas Peter/Direitos Reservados

Saúde Brasília 22/03/2022 – 23:02 Jacson Segundo / Beatriz Arcoverde Daniel Ito – Repórter da Rádio Nacional vacina contra a covid-19 Coronavac terça-feira, 22 Março, 2022 – 23:02 1:01

Fonte: Saúde

Share