Crescem 216% casos de SRAG entre crianças de 5 a 11 anos

Os casos semanais de Síndrome Respiratória Aguda Grave em crianças de 5 a 11 anos, aumentaram cerca de 216% na média móvel, ao longo de fevereiro e março, saindo de cerca de 160 notificações para uma média estimada em 506 casos por semana. Entre crianças de 0 a 4 anos, o aumento foi de cerca de 77% no mesmo período.

A análise do Boletim Infogripe da Fiocruz mostra ainda a interrupção de queda nos casos associados à Covid em crianças de 05 a 11 anos e sugere aumento nos casos associados ao Vírus Sincicial Respiratório na faixa etária de 0 a 4 anos. O vírus é responsável pela bronquiolite aguda e pneumonia.

O pesquisador Marcelo Gomes avalia que os aumentos se devem à maior exposição das crianças

Em uma avaliação geral, a curva nacional de notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave mantém sinal de queda a longo e curto prazo, acompanhando a diminuição nos casos associados à Covid-19.
O estudo, ainda aponta indícios de começo de estabilização dos casos em patamar inferior ao início de novembro de 2021, quando havia sido registrado o menor número de novos casos semanais desde o início de pandemia de Covid no Brasil.
Saúde Rio de Janeiro Fiocruz alerta para aumento de casos semanais de SRAG em crianças 25/03/2022 – 22:35 Roberto Piza (Rádio Nacional) e Luiz Claudio (web) Fabiana Sampaio, da Rádio Nacional saúde gripe sexta-feira, 25 Março, 2022 – 22:35 2:44

Fonte: Saúde

Share