Infectologista alerta os riscos de não usar máscara em lugar fechado

Em várias cidades e estados brasileiros já não é obrigatório o uso de máscaras em ambientes fechados. Os governantes justificam a decisão pelo avanço da vacinação e a queda dos casos de covid-19.

No Distrito Federal, a liberação vale desde o dia 10, quando havia uma média de 530 registros diários de covid-19. Uma semana depois, a média está em 300 casos.

Em Santa Catarina, o decreto que desobriga o uso de máscaras vale desde o último dia 12, quando a média estava em 2.750 casos diários. Quase uma semana depois, o número de registros está 10% menor.

Em alguns locais, a situação é diferente, caso de Natal, capital do Rio Grande do Norte, onde a liberação vale desde o último dia 9, quando foram registrados 750 casos de covid. Ali, nas últimas 24 horas, o número saltou para mais de 3 mil casos. Já na Bahia, mesmo com a queda de 500 casos diários em média, a liberação da máscara deve acontecer somente em abril.

No estado de São Paulo, a liberação do uso de máscaras em todos os ambientes, exceto no transporte público e ambientes hospitalares, foi anunciada nessa quinta-feira, pelo governador João Doria.

Para o infectologista José David Urbaez, apesar dos índices da pandemia estarem melhores, a permissão para andar sem máscaras em locais fechados é muito arriscada.

O especialista lembra ainda que a pandemia voltou a crescer em países da Europa e da Ásia e ressalta que a covid ainda mata cerca de 400 pessoas por dia no Brasil.
Saúde Brasília 18/03/2022 – 16:41 Paula de Castro / GT Passos Leandro Martins – Repórter da Rádio Nacional Máscaras lugares fechados Pandemia sexta-feira, 18 Março, 2022 – 16:41 2:01

Fonte: Saúde

Share