Parque da Serra dos Órgãos retoma a travessia Petrópolis-Teresópolis

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso) retoma hoje (25) a travessia Petrópolis -Teresópolis e o camping, inclusive para pernoite, na chamada parte alta da unidade de conservação, que é uma das mais conhecidas no país. O roteiro envolve trilhas e caminhadas que cortam trechos da Mata Atlântica.

Em 2019, no período pré-pandemia, a Área de Proteção Ambiental (APA) – Petrópolis era terceira unidade de conservação mais visitada do país, recebia dois milhões de pessoas por ano. É lá que está localizado o parque. A APA-Petrópolis só perde em visitação para o Parque Nacional da Tijuca, no Rio, e para o Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná.

Durante a pandemia, o ingresso de visitantes foi reduzido, mas, com flexibilizações, já vinha permitindo visitas nas trilhas da parte baixa e acesso ao Morro do Açu. Mas o pernoite não era permitido.

A abertura autorizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) tem o limite diário aceito de 30 vagas para pernoite no camping da Pedra do Sino e 30 vagas para pernoite no camping do Morro do Açu. Os abrigos não estão disponíveis e é necessário levar barracas. Os interessados precisam fazer agendamento prévio individualizado no site oficial. O agendamento, por CPF individual, poderá ter no máximo três dias consecutivos de visita com dois pernoites.

Pedido

O pedido deve ser solicitado com antecedência mínima de dois dias úteis do início pretendido da visita, a partir do dia seguinte ao envio do formulário, que vale para até 5 visitantes.  Devem ser informados os dados individuais de cada pessoa. As visitas com pernoite podem começar às 7h, mas a entrada é permitida até as 16h. “Isso se deve à disponibilidade da equipe do ICMBio que fará o controle de acesso nas sedes e nos campings”, informou o instituto.

Junto ao formulário, o ICMBio vai disponibilizar outro link para calendário, que será atualizado ao final de cada dia útil. O órgão recomenda a verificação da disponibilidade de vagas para o dia pretendido, antes do envio da solicitação. “Fique atento! Antes do envio do seu formulário, outros interessados podem ter submetido solicitações para o mesmo dia, o que pode esgotar as vagas antes da sua solicitação ser atendida.” O envio do formulário não garante o agendamento da visita, que está condicionada à disponibilidade de vagas liberadas, conforme a ordem de recebimento do formulário.

“Aguarde o e-mail com a confirmação e autorização do agendamento solicitado. Caso não haja vaga disponível, também será enviado um e-mail informando sobre a indisponibilidade”, informou.

Segundo o instituto, nos últimos 13 anos, o turismo em áreas protegidas aumentou mais de 300%, alcançando em 2019, 15 milhões de visitantes em Unidades de Conservação (UCs) federais. Criado em 30 de novembro de 1939, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos tem uma área de 20 mil hectares que inclui os municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.

Fonte: Agência Brasil

Share