Polícia Federal investiga compra de ventiladores pulmonares em SP

A Polícia Federal cumpriu, nesta terça-feira, sete mandados de busca e apreensão como parte de investigação no superfaturamento da compra de ventiladores pulmonares pelo governo do estado de São Paulo em abril de 2020, no início da pandemia.

Segundo os investigadores, 1.280 aparelhos foram importados da China, com dispensa de licitação, pelos valores de R$ 242 milhões e teria havido um sobrepreço de mais de R$ 62 milhões nessa compra.

Além disso, a polícia também investiga a lavagem de dinheiro feita pela empresa intermediária da compra, que teria usado parte dos recursos para o pagamento de vantagens indevidas.

Em nota, a secretaria de saúde do estado de São Paulo afirmou que está à disposição de quaisquer esclarecimentos, mas que condena a espetacularização da ação. Diz ainda que a compra de respiradores foi essencial no início da pandemia em um momento de inércia do governo federal, que não distribuiu equipamentos aos estados. A nota afirma ainda que a aquisição dos aparelhos cumpriu todas as exigências legais, incluindo os decretos de calamidade pública estadual e nacional.
Saúde São Paulo 22/02/2022 – 14:32 Paula de Castro / GT Passos Nelson Lin – Repórter da Rádio Nacional PF SP Ventiladores terça-feira, 22 Fevereiro, 2022 – 14:32 1:04

Fonte: Saúde

Share