Teste de covid deixa de ser exigido de viajantes vacinados

O teste de covid-19 para entrada no país de brasileiro e estrangeiro vacinado não será mais exigido pelas companhias aéreas.

Essa e outras novas regras estão em portaria conjunta dos ministérios da Casa Civil, Justiça, Saúde e Infraestrutura, publicada em edição extra no Diário Oficial na noite dessa sexta-feira.

Fica mantida apenas a exigência de apresentação de comprovante impresso ou eletrônico do esquema de vacinação completo, emitido pelo menos 14 dias antes do embarque.

Para brasileiros e estrangeiros que não tenham recebido pelo menos duas doses, será exigido um teste do tipo RT-PCR com resultado negativo e feito um dia antes do momento do embarque. Mas, fica dispensada a exigência de quarentena para os não vacinados.

As exceções valem para o ingresso de viajantes no país em virtude de questões humanitárias, ou aos que vêm de países com baixa cobertura vacinal.

Já o viajante a quem é contraindicada a vacinação, desde que comprovada em laudo médico, também precisa apresentar o teste negativo feito no dia anterior.

No caso das pessoas que viajam por terra, o comprovante deverá ser apresentado nos pontos de controle terrestre. Porém, não será exigido comprovante de vacinação para brasileiros residentes no Brasil que não estejam completamente vacinados.

Já no caso daqueles que viajam em transporte aquaviário, o comprovante deverá ser apresentado antes do embarque ao operador ou responsável pela embarcação.
Saúde Brasília 02/04/2022 – 14:55 Bianca Paiva/Edgard Matsuki Leandro Martins – Repórter da Rádio Nacional teste covid sábado, 2 Abril, 2022 – 14:55 1:40

Fonte: Saúde

Share